Assign a 'primary' menu

Tecnologia e Humanização: O que o Atílio me ensinou!

O Atílio é um vendedor “das antigas”.

Me liga a cada 3 ou 4 meses para ver se estamos precisando novamente do serviço de dedetização que ele vende. Sempre muito simpático e prestativo, me alerta para os riscos de deixar minha casa, escritório ou loja com a dedetização vencida.

Trabalha o gatilho do “medo” como ninguém.

Ele não tem Whatsapp, deve estar batendo os 70 anos de idade e continua firme em seu trabalho!

Em nosso último contato, eu o provoquei, perguntando quando ele iria arrumar um Whatsapp para ele.

Ele me respondeu: “Gustavo, esse negócio de tecnologia não é para mim, eu gosto de me relacionar com as pessoas”

No final, emendou: “Aliás Gustavo, da ultima vez você me indicou 2 amigos, 1 deles fechou, obrigado. Tem mais algum amigo seu precisando será?”

A moral da história você já sabe:

A tecnologia é ótima, mas nunca vai substituir o relacionamento, a simpatia e a empatia!

Quanto mais relacionamento e contato, maior é sua taxa de conversão!

E, você que é todo moderno e antenado, qual foi a última vez que pediu uma indicação para seus clientes atuais?

>